Boas Piadas: Assine o Feed.
As Melhores . + Vistas . Interessantes . Certeiras . Replay . Índices

Saara: Maior e Mais Quente Deserto do Mundo.

Compartilhe. . .



Quando pensamos no Saara imediatamente nos vêm à cabeça imagens de dunas de areia, mas o maior deserto quente do mundo tem muito mais a mostrar. 

O Saara é imenso. Suas fronteiras do Saara são o Oceano Atlântico, a oeste, a Cordilheira do Atlas e o Mar Mediterrâneo, ao norte, o Mar Vermelho, no leste, o Sudão e o vale do rio Níger, ao sul. Formalmente, o Saara é dividido em seis grandes porções: (1) Saara Ocidental, (2) Montanhas Ahaggar, (3) Montanhas Tibesti, (4) Montanhas de Aïr, (5) Deserto do Ténéré e (6) Deserto da Líbia. A região fronteiriça ao sul do Saara é marcada por uma faixa de savana semi-árida chamada Sahel; ao sul do Sahel ficam o Sudão e a Bacia do Rio Congo. A maior parte do Saara é composta de um solo pedregoso denominado rochas de Hamada; contrariamente ao que vemos nas fotos, as grandes áreas cobertas de dunas de areia constituem a parte menor desse imenso deserto.

12 Fatos e fotos sobre o Saara:


1. Em árabe, o Saara é chamado de As-Sahra al-Kubra, que significa, como se poderia esperar "O Grande Deserto".
Foto de satélite mostra o tamanho do Saara em relação à África.
O deserto do Saara é a região mais clara na parte superior da foto de satélite da África.

2. O Saara é quase tão grande como os Estados Unidos ou o continente europeu. Ele tem área total de mais de 9 milhões quilômetros quadrados.
Mapa permite a comparação entre o tamanho do Saara com os Estados Unidos e o Brasil.
Observe no mapa: o tamanho do Deserto do Saara é comparável aos EUA e ao Brasil.

3. Para ser correto, o Saara é o maior deserto da África e o segundo maior deserto do mundo, pois a Antártica, embora fria, também é considerada um deserto. Isto ocorre porque o que define uma área como desértica são as taxas de precipitação (chuvas) muito baixas.

4. O sítio arqueológico de Tadrart Acacus fica no Saara e foi declarado patrimônio mundial pela UNESCO. Ele se localiza no oeste da Líbia. lá é possível conhecer desenhos de animais nas paredes das cavernas, ou seja Arte Rupestre.
Foto mostra arte rupestre no Saara.
Pinturas pré-históricas no deserto.


5. Como sua imensa área o deserto do Saara faz parte de 12 países africanos. São eles: Argélia, Chade, Egito, Eritreia, Líbia, Mali, Mauritânia, Marrocos, Níger, Sudão, Tunísia e Saara Ocidental.

6. Dentre as várias áreas montanhosas contidas pelo Saara, o pico mais alto chama-se Emi Koussi e tem 3415 metros de altura. Fica e localizado nas Montanhas Tibesti na parte norte do Chade.
Emi Koussi, o pico mais alto do Saara é um vulcão.
Fotografia aérea da cratera do Emi Koussi.

7. Os grupos étnicos dominantes no Saara são os Berberes e  Tuaregues.
Caravana de Tuaregues ou Berberes cruza as dunas do deserto em seus camelos.


8. A Estrutura de Richat ou domo de Richat, apelidada de "Olho da África", é um acidente geográfico incomum de grandes dimensões e formato. Seu diâmetro chega a quase 50 quilômetros. Fica na Mauritânia, no meio do deserto do Saara.
Foto espacial mostra a estrutura de Richat.
O incrível "Olho da África" fica no meio do Saara.


9. O clima do Saara é considerado um dos mais inóspitos do mundo. O vento nordeste que prevalece muitas vezes faz com que se formem redemoinhos de poeira e tempestades de areia.
Fotografia mostra a aproximação de enorme tempestade de areia na cidade de Cartum, no Sudão.
Tempestade de areia (Haboob) no Sudão.

10. Saara é tão seco que em média recebe apenas 20 mm de chuva por ano. Para se ter comparação, algumas áreas da Amazônia chegam a ter um total pluviométrico anual superior a 3000 mm.
Turistas em área seca do saara em Marrocos.
Turistas passeiam de bicicleta em parte do Saara que fica em Marrocos.


11. As chuvas no Saara, portanto, são extremamente raras, mas quando ocorrem são torrenciais e após longos períodos de seca.

12. Pode ser bastante surpreendente, mas existem cerca de 500 espécies de plantas que crescem no deserto do Saara, apesar da escassez de água.

E, por fim, o deserto do senso comum: areia, sol e uma palmeira solitária.






Nenhum comentário: