Boas Piadas: Assine o Feed.
As Melhores . + Vistas . Interessantes . Certeiras . Replay . Índices

Fé e Morte

Compartilhe. . .

Tenho dificuldade para compreender os exageros das religiões (no plural). A quantidade de mortes que a história registra “em nome de Deus” é fora de propósito. No entanto, quando as perdas ocorrem em guerras religiosas, quando as partes defendem os seus diferentes deuses, fica um pouquinho menos incompreensível.

Recentemente, o que me chamou a atenção é o número de pessoas que perdem a vida durante as comemorações de dias sagrados mulçumanos. Todos os anos, vemos acidentes ocorrerem durante essas datas e centenas mortes que acontecerem.

Abaixo vemos imagens de Meca, a mais importante de todas as cidades santas do Islã, durante o Hajj, a peregrinação anual que os mulçumanos devem fazer a esta cidade pelo menos uma vez na vida. Em torno de 2,5 milhões de fiéis muçulmanos cumpriram a obrigação religiosa este ano. Considerando-se que Meca tem cerca de 1,6 milhões de habitantes, dá para entender o caos que deve ficar o lugar. Como conseqüência, mais uma vez, centenas de pessoas morreram em tumultos ou acidentes.



(Ali Jarekji / Reuters)



(EFE)

Nenhum comentário: